Por pbagora.com.br

O secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Cláudio Furtado, comemorou, nesta quarta-feira (04), a inclusão dos trabalhadores da área de educação na prática de serviços essenciais e, por conseguinte, um grupo prioritário na lista da vacinação contra a Covid-19 em todo país.  A decisão foi informada pelo Governo federal, na noite de ontem, terça-feira (03), em documento encaminhado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo ele, na Paraíba, a missão da secretaria será  garantir que as medidas de proteção sejam obedecidas visando a redução dos índices no Estado.

“Nós vimos com grande satisfação a inclusão dos professores e profissionais da educação nesse grupo prioritário, e assim que o plano de vacinação siga em sua sequência e chegue nesses profissionais, isso será muito importante. Nesse momento a grande atenção é justamente para que as medidas de afastamento sejam obedecidas pela população e a gente faça com que os números baixem”, ressaltou.

O presidente da Associação de Professores de Licenciatura Plena (APLP), Bartolomeu Pontes, também destacou a importância da inclusão e lembrou que essa era uma pauta da associação desde o início da pandemia.

“Os conteúdos a gente pode repor, a vida nunca”, afirmou ele.

 

Redação

 

Notícias relacionadas

Sisu encerra inscrições hoje na Paraíba; estado tem mais de 15 mil vagas

Terminam hoje (14), as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do primeiro semestre de 2021. Na Paraíba, são 15.669 vagas disponíveis em quatro instituições públicas. As oportunidades estão…