Por pbagora.com.br

O Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Especiais (Napne) do Campus João Pessoa do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB) vai realizar a Semana de Inclusão entre os dias 16 e 20 de setembro.

Com o tema “Eu posso! Vamos juntos?”, a programação é extensa envolvendo servidores e estudantes.

O Napne espera a participação de toda a comunidade, inclusive externa ao Instituto.

O evento começa às 9h e a primeira palestra é com a coordenadora de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação da Capital paraibana, Sandra Verônica Ramalho Chaves.

 

Na tarde do dia 16, uma mesa-redonda com alunos e ex-alunos da instituição vai discutir a experiência de vida e desafios das pessoas com deficiência.

No IFPB, 5% das vagas dos cursos são reservadas a quem tem deficiência e em pouco tempo isso mudou o cotidiano da comunidade. Muitos colegas, professores e técnicos passaram a aprender a Língua Brasileira de Sinais (Libras), por exemplo, para interagir com a comunidade surda que chegava.

 

O próprio Instituto precisou se equipar mais, adquirindo cadeiras motorizadas e impressora em Braille.

 

Materiais didáticos estão sendo adaptados e equipe de gestores do campus treinados para o atendimento também. Minicursos de capacitação já foram ministrados para alunos, técnicos e professores. O Napne do Campus JP hoje tem 18 intérpretes de Libras e três transcritores de Braille, sob a coordenação de Sylvana Melo.

Durante a Semana da Inclusão, oficinas de Libras e Braille também serão realizadas, nos turnos da manhã e tarde. Sylvana Melo destaca que a inscrição para as oficinas deve ser feita no Napne até o dia 16. O contato pode ser feito pelo telefone 3612-1350 ou e-mail napneifpbjp@gmail.com

 

O evento terá ainda exposição em stands com entidades parceiras e apresentações culturais com estudantes do IFPB, além de uma vivência de bocha, esporte parolímpico, que tem como objetivo encostar o maior número de bolas na bola alvo.

Será no dia 17, das 9h às 11h, na quadra principal do IFPB, integrando jogadores paraolímpicos de Bocha que treinam no Ronaldão com o Técnico Gilmar e os alunos com deficiência do IFPB e os demais alunos que queiram participar. A iniciativa é da professora de Educação Física Adaptada do IFPB, Valéria Matos.

 
 
 Redação com Ascom