A Paraíba o tempo todo  |

Folkcom – Pesquisadores do Brasil e da Europa debatem as Festas juninas na era digital

A Universidade Estadual da Paraíba promove entre os dias 06 e 08 de junho um seminário e uma conferência Nacional de Folkcomunicação. O seminário “Os festejos juninos no contexto popular da Folkcomunicação e da cultura popular” está em sua IX edição e vai reunir pesquisadores, jornalistas, alunos e professores de comunicação de várias partes do país. Além do seminário que terá sua abertura a partir das 09:00 no dia 06 de junho no teatro Rosil Cavalcanti, Campina Grande vai sediar pela primeira vez a XV Conferência Nacional de Folkcomunicação que terá como tema “As festas juninas nas redes sociais: da roça a rede”.

Os dois eventos são promovidos pelo Departamento de Comunicação Social (DECOM) e terá a participação de pesquisadores de países da Europa que vão conhecer o São João de Campina Grande e debater a origem das festas juninas na Espanha e Portugal, promovendo uma troca de conhecimento e experiências entre a cultura europeia e brasileira. O Principal objetivo é abordar como a cultura popular e as manifestações folclóricas estão convivendo com as redes sociais.

A abertura da Conferência Nacional vai acontecer no dia 06 de junho no Teatro Severino Cabral, a partir das 19:00com uma apresentação artística do Espetáculo: Festa Nordestina. Em seguida será realizada a mesa-redonda “Raízes ibéricas das festas juninas: São João na Galícia, Espanha e Portugal, com os palestrantesAlberto Pena Rodríguez (UV, Espanha), Carlos Nogueira (IELT/UNL, Portugal), Luis Humberto Marcos (ISMAI/MNI, Portugal), Lucília José Justino (UNL, Portugal), Elisabeth Christina de Andrade Lima (UFCG), Osvaldo Meira Trigueiro (UFPB), Eneida Maracajá (PMCG)e a mediadora: Maria Érica de Oliveira (UFRN).

Além de palestrantes da Europa a XV Conferência Nacional de Folkcomunicação também terá a presença do ilustre professor Joseph Straubhaar da Universidade do Texas (UT), campus de Austin, nos Estados Unidos.O pesquisador é autor do livroWorldtelevision: from global to local e organizador, com o professor brasileiro OthonFernando Jambeiro Barbosa, da coletânea Informaçãoe comunicação: o local e o global em Austin e Salvador.

As atividades que estarão sendo realizadas durante a conferência incluirá além das mesas redondas, oficinas e exposição de trabalhos, que tratarão da relação das festas populares e da cultura popular nas redes sociais. As mesas redondas serão realizadas no
no Teatro Rosil Cavalcanti e noTeatro Paulo Pontes, anexo do Severino Cabral a partir das 9:00 da manhã.As oficinas e os Grupos de Trabalhosserão realizados na faculdade CESREI a partir das 14:00.

A iniciativa de criar uma rede de pesquisadores da Folkcomunicação(estudo da comunicação sobre acultura popular)nasceu, durante as discussões realizadas no seminário internacional sobre as identidades culturais latino-americanas, promovido pela UMESP em 1995, como evento preparatório para a instalação da Cátedra UNESCO de Comunicação na Universidade Metodista de São Paulo. O professor José Marques de Melo, foi o coordenador da I Conferência Brasileira de Folkcomunicação, realizada na UMESP, em agosto de 1998, onde foi criada a Rede Folkcom. O encontro caracteriza-se por resgatar o pensamento comunicacional de Luiz Beltrão, o pioneiro das ciências da comunicação no Brasil.

 

 

Ascom

 

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe