Candidatos em condições de privação de liberdade, nos casos de cárcere ou medidas socioeducativas, já podem ter acesso ao gabarito das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Os mesmos serão informados aos responsáveis de cada unidade prisional e também está disponível na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As provas deste ano foram aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro, cerca de trinta dias depois da aplicação do Enem convencional. As principais áreas de conhecimento abordadas foram ciências humanas e suas tecnologias, já na redação, o tema proposto foi o “Combate ao uso indiscriminado das tecnologias digitais de informação por crianças”.

Segundo informações divulgadas pelo portal do MEC, o nível de dificuldade do Enem PPL é equiparado ao exame regular, com questões equivalentes e o mesmo grau de conhecimento entre os assuntos elaborados na prova. Todos os inscritos realizaram o certame em locais definidos pela administração prisional de cada estado.

A previsão é que o resultado seja divulgado em janeiro de 2020 e as redações sejam corrigidas em março do mesmo ano.

*Com informações do Portal do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Deixe seu Comentário