A Paraíba o tempo todo  |

Aulas na rede estadual tiveram início nesta segunda-feira em formato híbrido

A Rede Estadual deu início ao ano letivo 2022, nesta segunda-feira (14), com aulas em formato híbrido, seguindo os protocolos de prevenção à Covid-19. O retorno das aulas aconteceu para mais de 250 mil estudantes das 642 escolas estaduais da Paraíba. O secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, Claudio Furtado, esteve presente na Escola Cidadã Integral Técnica Papa Paulo VI, em Cruz das Armas, na Capital, onde participou do acolhimento e deu boas-vindas aos estudantes.

As aulas acontecerão em modalidade híbrida, a partir das diretrizes de segurança sanitária estabelecidas pelo Plano de Educação para Todos em Tempos de Pandemia (PET-PB).  Inicialmente, 50% das atividades serão em modalidade presencial e 50% em modalidade remota, respeitando a capacidade máxima de 50% de ocupação das salas de aula.  Os estudantes que ainda não receberam a vacina contra Covid-19 só poderão participar das aulas de forma remota.

A carga horária de ensino presencial e ensino remoto será distribuída de forma progressiva, de acordo com a situação da pandemia no Estado. As turmas foram organizadas respeitando os protocolos sanitários e o distanciamento social, com capacidade máxima de 50% dos estudantes em cada sala de aula, um grupo acompanhando presencialmente e outro com atividades remotas. São dois dias de aulas presenciais, com cinco horas diárias, e dois dias de aulas remotas.

Será realizado revezamento entre grupos: na segunda e terça-feira, uma parte da turma assiste às aulas de forma presencial, na escola, e outra parte dos alunos de forma remota; na quinta e sexta-feira da mesma forma. Nas quartas-feiras, todas as aulas serão ministradas pela internet, e a escola passa por sanitização.

De acordo com o secretário Claudio Furtado, o formato híbrido visa garantir aulas presenciais a todos os estudantes. “Iniciamos mais uma jornada do ano letivo de 2022, seguindo o PET-PB. O modelo híbrido adotado para o retorno das aulas vai permitir que 50% dos conteúdos sejam de forma remota e 50% presencial. Isso acontecerá com alternância de estudantes durante os cinco dias da semana. De acordo com a carga horária, nas escolas regulares, serão cinco horas de aulas, ou seja, um período inteiro com um grupo de alunos (manhã ou tarde). Nas Escolas Cidadãs Integrais, no período da manhã, as aulas serão presenciais e a tarde de forma remota. Em março, iniciaremos mais uma fase do inquérito sorológico. Com essa nova etapa, sendo detectado que não houve avanço da Covid, passaremos para 70% presencial e 30% remoto. Com mais um mês e meio, faremos mais um novo inquérito para ver se voltamos ao sistema totalmente presencial, adotando estratégias híbridas”, disse.

PET-PB –  Conforme Decreto Estadual nº 41.010 de 07 de Fevereiro de 2021, que estabelece o Plano Educação Para Todos Em Tempos De Pandemia – PET-PB e dispõe sobre o processo de retomada das aulas presenciais dos Sistemas Educacionais da Paraíba e demais instituições de Ensino Superior sediadas no território paraibano, o retorno às aulas presenciais no território da Paraíba deve respeitar os protocolos sanitários, definidos pelas autoridades de Saúde, assegurando um retorno que seja seguro e dentro do panorama de convivência com a Covid-19, considerando os aspectos pedagógicos, administrativos, de infraestrutura e de proteção à saúde física e mental dos membros da comunidade escolar e dos profissionais da educação.

O PET-PB é constituído por quatro fases que preveem a retomada progressiva ao ensino presencial nas redes de ensino públicas e privadas, a partir da adoção do modelo híbrido de ensino-aprendizagem, considerando as análises realizadas pelas autoridades sanitárias:

I – 1ª FASE: 70% Ensino Remoto + 30% de Ensino Presencial;
II – 2ª FASE: 50% Ensino Remoto + 50% de Ensino Presencial;
III – 3ª FASE: 30% Ensino Remoto + 70% de Ensino Presencial;
IV – 4ª FASE: 10% Ensino Remoto + 90% Ensino Presencial

 

Da Redação com Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe