O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria da Educação e da Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad), tem adotado ações para promover a Política Nacional de Educação Especial (educação inclusiva). Entre as ações adotadas, está a capacitação de professores, coordenadores e professores das salas regulares e de recursos multifuncionais, destinados às pessoas com deficiência no estado.

Os investimentos do Governo do Estado na perspectiva da educação inclusiva têm gerado resultados positivos. De acordo com o último Censo Escolar de 2017, o número de matrículas de alunos com deficiência, transtorno do espectro autista e altas habilidades (superdotação), que formam o público-alvo da educação inclusiva, chegou a 20.784.

Com a formação dos professores por meio da Assessoria de Educação Especial da Funad, a tendência é que o número de alunos com deficiência matriculados na Rede Estadual de Ensino aumente ainda mais. Uma equipe multidisciplinar atua na formação, acompanhamento, assessoramento e monitoramento dos programas que favorecem a escolarização.

Capacitação – Um dos exemplos do Governo do Estado para fortalecer a Política Nacional de Educação Especial é o curso de qualificação dos professores das salas de recursos da 1ª e 14ª Regiões de Ensino.

Iniciado semana passada, na sede da Funad, em João Pessoa, estão sendo formados 116 professores que, a partir de agora, terão condições de melhorar as práticas pedagógicas e dar mais apoio aos alunos com deficiência, autismo, altas habilidades e superdotação na Rede Pública de Ensino. O curso, com duração de 80 horas, é uma parceria entre o Ministério da Educação (MEC), por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR), Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia, além da Funad.

“Nós estamos trabalhando incansavelmente para disseminar a Política Nacional de Educação Especial com a educação inclusiva. E essas formações são fundamentais, porque entendemos que esta é uma condição importante para o fortalecimento da inclusão escolar dos alunos da educação especial nas classes comuns, objetivando não apenas a garantia de acesso, mas também de aprendizagem e permanência do aluno no ambiente escolar e o apoio do Governo do Estado tem sido valioso”, ressaltou Simone Jordão, presidente da Funad.

De 14 a 16 deste mês, em Cuité, a Funad/AEE realiza o curso de formação de professores, gestores e cuidadores de salas regulares de ensino na rede municipal. A parceria será entre Funad, Ministério Público Estadual e Prefeitura de Cuité. Um curso semelhante acontecerá de 10 a 13 de junho na cidade de Princesa Isabel, atendendo professores de toda a região, uma demanda apontada pela população durante o Orçamento Democrático Estadual (ODE).

Outro curso – desta vez de Libras – será realizado na Região de Sousa, no mês de junho, e atenderá 120 pessoas.

PB Agora

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Weintraub diz que recursos de universidades podem ser liberados

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse hoje (16) que o cenário indica a possibilidade de que os recursos contingenciados das universidades podem ser desbloqueados a partir de setembro. De…