Pelo terceiro ano consecutivo, a Telefonica ficou em primeiro lugar no ranking das empresas com mais reclamações fundamentadas em 2008, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (13) pela Fundação Procon de São Paulo.

É considerada reclamação fundamentada aquela aberta por meio de um processo administrativo após não ter havido acordo inicial com a empresa.

O banco Itaú ficou em segundo lugar, assim como no ano anterior, seguido pela operadora TIM, Unibanco e Brasil Telecom. Ao todo, o Procon recebeu 27.747 reclamações fundamentadas em 2008.

 

O G1 entrou em contato com as assessorias da Telefonica, do Itaú, da Brasil Telecom, do Unibanco, da TIM e do Bradesco e aguarda resposta. A reportagem deixou recado nas assessorias da Sony e Eletropaulo e está entrando em contato com as outras empresas que aparecem na lista do Procon.

 

Os atendimentos realizados pelo Procon no ano passado totalizaram 531.116. Na avaliação do diretor-executivo do órgão, Roberto Augusto Pfeiffer, os dados representam mais da metade dos atendimentos de todo o país.

 

“É um número substancial, principalmente se comparado com o restante do Brasil. Corresponde a mais da metade dos atendimentos, isso porque os dados são somente da capital.”

 

Governo cobrará empresas

O secretário de Justiça e Defesa da Cidadania, Luiz Antônio Marrey, afirmou que todas as empresas reclamadas serão chamadas para negociar com o Procon em até 30 dias, priorizando a ordem do ranking.

 

Segundo ele, as empresas podem ser multadas entre R$ 200 e R$ 3,2 milhões e punidas criminalmente. “Vamos chamar as empresas para negociar. Elas têm obrigação de melhorar seus serviços”.

 

Para o secretário, o ranking é importante para que as empresas atentem sobre a necessidade de melhorar o atendimento. “É um dado importante porque significa advertência às empresas no sentido de que precisam atender bem. Atender o consumidor não é um favor, é uma obrigação e é direito das pessoas que adquirem produtos e serviços.”
 

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Empreender PB e Iphaep iniciam inscrições de projeto em Bananeiras

O Governo do Estado da Paraíba, por meio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (IPHAEP), e do Empreender PB, iniciou as inscrições para o Empreender…

FGTS: Caixa antecipa calendário de saques de até R$ 500

Os trabalhadores que têm contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, o FGTS, vão poder sacar até R$ 500 de cada conta antes do fim…