Apesar de estimar uma área colhida 0,8% maior, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) informou nesta quinta-feira que a safra de 2009 deverá somar 134,7 milhões de toneladas, 7,6% abaixo dos 145,8 milhões de toneladas obtidas no ano passado.

 

Dos 25 produtos avaliados, sete apresentarão alta, segundo a projeção do instituto. Os destaques deverão ser o feijão em 1ª safra (17,7%), amendoim em casca 2ª safra (15%), mamona em baga (14,8%), cebola (4%) e arroz em casca (2,2%).

 

As quedas mais acentuadas atingirão as produções de algodão herbáceo em caroço (-16,8%), café (-15,9%), trigo em grão (-15,5%) e milho em grão 1ª safra (-14,8%). Também ficarão em baixa as produções de soja (-3,6%), laranja (-1%) e aveia (-5,1%).

 

A área colhida deverá totalizar 47,6 milhões de hectares. Nas regiões, a safra deverá crescer apenas no Nordeste, cuja alta estimada de 4,7% irá proporcionar colheita de 13 milhões de toneladas. Nas demais regiões, está prevista queda de 12,7% no Sul (53,5 milhões de toneladas), 6,3% no Centro-Oeste (47,5 milhões de toneladas), 3,5% no Sudeste (16,9 milhões de toneladas) e de 1,8% no Norte (3,8 milhões de toneladas).

 

folhaonline

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Contemplados do Aluízio Campos vistoriam imóveis nesta terça-feira em CG

As pessoas contempladas com casas e apartamentos no complexo habitacional Aluízio Campos, em Campina Grande, começarão a conhecer os imóveis sorteados a partir desta terça-feira (17). De acordo com o cronograma elaborado…