A Receita Federal em São Paulo deve liberar restituições de Imposto de Renda de pessoas físicas retidas nos últimos cinco anos –presas na chamada malha fina–, como forma de colocar mais dinheiro nas mãos de contribuintes e minimizar os efeitos da crise financeira, revela reportagem de Fátima Fernandes na Folha.

 

Estima-se que cerca de 100 mil declarações, com saldo a restituir e também a pagar, deverão ser liberadas nos próximos meses. Os créditos totais de IR (Imposto de Renda) a serem liberados no Estado de São Paulo ainda não estão definidos.

 

As declarações que foram retidas –e que, eventualmente, serão liberadas e têm saldo de imposto a restituir– podem chegar a valores de até R$ 3.000, segundo afirma Luiz Sérgio Fonseca Soares, superintendente da Receita Federal em São Paulo.

 

folha online

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lojas são notificadas em CG por descumprirem decreto do município

mesmo com a antecipação dos feriados de Corpus Christi, São João e aniversário da Paraíba, muitas lojas funcionaram em Campina Grande e foram notificadas pelo Procon. O feriadão forçado resultou…

Ônibus voltam a circular em Campina Grande nesta sexta-feira

Após um dia com os serviços paralisados, a frota de ônibus coletivos de Campina Grande volta a circular na cidade a partir desta sexta-feira (5). A informação foi confirmada pela…