Por pbagora.com.br

Esse é o terceiro reajuste autorizado pela Petrobrás em menos de um mês.

O botijão GLP de 13 kg que estava sendo vendido em média a R$ 75,00, deverá custar até R$ 80,00 nas compras a prazo. O percentual de aumento será novamente de 5% aplicado ao valor final do produto. Somado aos outros dois reajustes anteriores, o botijão está 15.3 % mais caro em relação ao final do mês de maio.

Os revendedores foram comunicados pelas Distribuidoras no início da manhã dessa sexta feira, sem nenhum aviso prévio por parte da Petrobrás que alega instabilidade dos preços no mercado internacional.

A nova tabela já será praticada a partir da próxima segunda-feira (22/06), uma vez que os novos valores estão liberados para comercialização imediata. A diretoria do Sindicato dos Revendedores de Gás GLP da Paraíba revela a preocupação do segmento com os aumentos consecutivos. “Estamos trabalhando em alerta, pois, a expectativa é a de que até o final de junho, outro reajuste seja anunciado pela Petrobrás”, disse o Presidente do Sinregás – PB, Marcos Antônio Bezerra.

A Petrobrás não emitiu Nota oficial a respeito do aumento no site da Companhia, mas, os interessados podem obter maiores informações através do atendimento em formulário eletrônico ou pelo telefone 0800 728 9001.

Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Moedas virtuais estão nas alturas e especialistas preveem maior crescimento

A crise veio e passou muito rápido pelo mercado de criptoativos (moedas virtuais), com um retorno exponencial no ano de 2020. Os especialistas como Rodrigo Jovê, graduando em Economia com…

Saques e transferências do Auxílio Emergencial são liberados hoje

Quem nasceu em agosto poderá realizar saques ou transferências nos valores depositados pelo auxílio emergencial. A Caixa Econômica Federal permite as atividades a partir desta terça-feira (11). A ação é…