Por pbagora.com.br

Promoções, filas demoradas e muito empurra-empurra por parte de clientes ávidos em busca de produtos relacionados à Páscoa marcaram a movimentação do comércio nesta quinta-feira Santa, em João Pessoa. Às vésperas do feriado, os grandes supermercados da capital realizaram diversas promoções relâmpago, o que acabou atraindo vários clientes, principalmente aqueles que deixaram para fazer as compras de última hora. Ovos de chocolate, pescados e vinhos foram as especiarias mais procuradas.

Na loja do Hiperbompreço, do Parque Solon de Lucena, os clientes chegaram a enfrentar filas com mais de duas horas de espera. A comerciante autônoma Rosinete Santos, de 40 anos, foi uma das pessoas que deixaram para comprar os produtos de Páscoa de última hora. Vinda direto do trabalho, cansada e cheia de sacolas, ela parecia já não aguentar mais tanto tempo de espera. “Estou morta! Devido ao trabalho, não tive tempo de vir antes comprar os ovos de chocolate de minha filha, agora é sofrer mais um pouquinho e esperar a fila andar”, disse.

Já para a professora Aurineide Oliveira dos Santos, de 28 anos, os motivos eram outros. Ela sempre deixa para fazer as compras de última hora na Páscoa. “Sempre deixo para comprar os ovos de chocolate e o bacalhau nos últimos dias por causa das promoções. As filas são grandes, mas vale a pena”, disse.
A cada hora, os alto-falantes dos supermercados anunciavam novas promoções relâmpago. No Hiperbompreço, os expositores remarcaram os produtos inúmeras vezes. Segundo a supervisora da Nestlé, Rachel Cabral, só ontem, o preço do ovo de chocolate Alpino nº. 20 de 500 gramas, baixou de R$ 30 para R$ 24,88. Já o Diamante Negro e o Lacka nº. 15 de 375 g, tinha reduzido o valor de R$ 20 para R$ 14,88.

No supermercado Extra da avenida Epitácio Pessoa, além dos ovos de chocolate, as pessoas procuravam mais pelo pescado e as ofertas não eram poucas. Além do tradicional bacalhau, a cavala, dourado, atum, agulha (branca e preta), garoupa, serra, pargo, agulhão, sardinha, rosado, pescado, filé de merluza, salmão e o peixe de água doce tilápia estavam com o preço bem reduzido.

“Na mesa, não pode faltar o filé de peixe da Semana Santa, né!?”, indagou Maria das Neves Cordeiro, de 69 anos. O campeão de vendas era o bacalhau do tipo “saite” que estava sendo comercializado por R$ 12,88, o quilo. Já o filé de pescada tava por R$ 9,90, o tambaqui tava saindo por 5,90 e o mais em conta era a cavalinha, que os consumidores estavam adquirindo por R$ 1,99, o quilo. A expectativa do Grupo Pão de Açúcar é de que até o domingo de Páscoa sejam comercializadas mais de nove mil toneladas entre peixes frescos, congelados e bacalhau, registrando 1.500 toneladas vendidas no período.
 

Jornal da Paraíba

Deixe seu Comentário