A Paraíba o tempo todo  |

Produção de milho na PB deve aumentar 25% este ano, superando a média brasileira

Foto: Reprodução

Enquanto as precisões nacionais para a safra de milho de 2021 são de manutenção da safra anterior, os produtores paraibanos, não tem o que reclamar, pois o presidente da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer) , Nivaldo Magalhães, acrescenta que além das chuvas dentro do esperado pelos agricultores, a baixa incidência de pragas também deve garantir uma mesa farta de milho para os paraibanos, com cerca de 25% de aumento da safra.

Nacionalmente a produção brasileira de milho para a safra 2020/21 deverá manter-se próxima aos patamares da safra anterior. No entanto, os baixos volumes de estoque e a alta demanda dos mercados interno e externo podem influenciar os preços. Além disso, a pandemia do Covid-19 também impacta as commodities, principalmente em função das incertezas no mercado financeiro. Confira a seguir quais são as previsões para o preço do milho em 2021 no Brasil! https://blog.aegro.com.br/previsao-do-preco-do-milho-em-2021/

Paraíba – As chuvas chegaram com força no interior do estado nas últimas semanas, o que, naturalmente, é sinal de boa colheita para os agricultores. Nessa leva de bonança, Empaer estima que a safra do milho deve crescer quase 25% no período de 2020/2021 em relação a 2019/2020. Isso representa um aumento de 19 mil toneladas do grão, passando de 77 mil toneladas para 96 mil toneladas. “Acreditamos num incremento da produção porque houve também a distribuição de sementes pelo governo. Devido à normalidade do período chuvoso no Cariri, Agreste e Curimataú, é previsto um aumento da safra do milho”, comentou Nivaldo.

O período de colheita na região Nordeste, geralmente, se dá entre os meses de março e abril. A safra de 2020, contabilizada em 77 mil toneladas, já foi considerada uma das maiores dos últimos. anos, representando um crescimento aproximado de 20% em relação a 2019. Em junho do ano passado, mês em que se intensifica a procura pelo milho para comidas típicas das festas juninas, a mão de milho, referente a 52 espigas, apresentava uma variação de preço de 62%, sendo vendida entre R$ 25 e R$ 40 nos mercados públicos de João Pessoa, conforme pesquisa feita pelo Procon da capital. Ainda não foram feitas pesquisas do preço da mão de milho neste ano.

 

Redação

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe