A Paraíba o tempo todo  |

Procon divulga preço médio dos combustíveis na Rainha da Borborema; confira

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O Procon de Campina Grande divulgou ontem, 14, uma pesquisa de preços dos combustíveis. Pela pesquisa, todos os produtos apresentaram desempenho positivo entre 37,77% até 63,08% nos últimos 12 meses.

Entre os exemplos estão o preço médio do litro de etanol, que aumentou 63,08%, passando de R$ 3,078 (agosto/2020) para R$ 5,020 (agosto/2021) e diesel comum que subiu 42,66%, passando de R$ 3,157 (agosto/2020) para R$ 4,504 (agosto/2021).

Gasolina

Já o preço do litro da gasolina comum, cujo percentual foi reajustado nas refinarias pela Petrobras na última quinta-feira (12), apresentou um aumento anual de 38,48%, passando de R$ 4,270 (agosto/2020) para R$ 5,883 (agosto/2021).

O gás natural veicular sofreu alta de 42,25% e passou de R$ 3,246 (agosto/2020) para R$ 4,617 (agosto/2021); e o diesel S-10 de 40,70%, passando de R$ 3,296 (agosto/2020) para R$ 4,638 (agosto/2021). A pesquisa foi realizada nesta sexta-feira, 13, em 58 postos de combustíveis do município.

Com o último aumento no preço da gasolina, estabelecido pela Petrobras, o valor do litro do produto sofreu um aumento de R$ 0,0935 (equivalente a 3,5%) que estabelece uma média de R$ 2,78 para cada litro.

“Entretanto, essa alta só deve incidir nos produtos adquiridos pelos postos de combustíveis a partir da data da publicação. E os produtos que já estão nos tanques devem manter os percentuais anteriores”, alertou o coordenador do Procon-CG, Saulo Muniz. Ele ressaltou ainda, que o órgão está vigilante para os aumentos abusivos e intensificará as fiscalizações ao segmento.

Variação Mensal

Com relação a variação mensal dos preços de combustíveis, a pesquisa do Procon-CG identificou um desempenho positivo entre 3,35% e 11,46%, como no caso do litro do etanol, que apresentou uma variação de R$ $ 0,550 (11,46%), registrando o menor preço de R$ 4,799 e o maior de R$ 5,349.

A gasolina comum, por exemplo, apresentou uma diferença de centavos R$ 0,389 (7,00%), com o menor preço de R$ 5,560 e o maior R$ 5,949. A pesquisa foi realizada no último dia 13 (sexta-feira) em 58 postos de combustíveis do município.

A pesquisa de preços de combustíveis do Procon Municipal apresenta os preços que estão sendo cobrados para a gasolina comum (G.C.), gasolina aditivada (G.A.), etanol (E), diesel comum (D), diesel S-10 (S-10) e o gás natural veicular (GNV).

O objetivo do estudo é o de servir como referência ao consumidor campinense na hora de abastecer seus veículos. Para conferir detalhes do levantamento, basta acessar: https://procon.campinagrande.pb.gov.br/.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe