O prejuízo trimestral do Uber Technologies aumentou, disse uma fonte familiar ao assunto à Reuters na terça-feira (28), com a empresa de transporte urbano compartilhado por aplicativo passando por problemas legais e enfrentando escrutínio regulatório em todo o mundo.

O prejuízo líquido da empresa sediada no Vale do Silício aumentou para US$ 1,46 bilhão no 3º trimestre, ante US$ 1,06 bilhão no trimestre anterior, segundo a fonte.

A receita líquida trimestral aumentou 14%, para US$ 2 bilhões, em base sequencial, disse a fonte.

Como uma empresa privada, o Uber não é obrigado a divulgar publicamente seus resultados financeiros, mas no início deste ano começou a oferecer um vislumbre de seu desempenho ao divulgar determinados números.

Na terça-feira, um consórcio liderado pelo SoftBank Group Corp lançou uma oferta pelas ações do Uber. A empresa japonesa disse que alguns investidores notáveis do Uber, incluindo as empresas de venture capital Benchmark, que detém 13% da Uber no valor de US$ 9 bilhões, e Menlo planejavam vender ações.

O Uber foi atingido por uma série de escândalos este ano, sendo o mais recente a revelação de que a companhia pagou US$ 100 mil a hackers para manter em segredo um enorme vazamento no ano passado, que expôs dados pessoais de cerca de 57 milhões de contas.

Msn.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena: aposta única de Fortaleza fatura R$ 34,6 milhões

Uma aposta de Fortaleza (CE) levou o prêmio de R$ 34.615.569,28, no concurso 2.198 da Mega-Sena, realizado na noite desta quarta-feira (16) em São Paulo (SP). Veja as dezenas sorteadas:…