A finlandesa Nokia, líder mundial da telefonia celular, anunciou nesta terça-feira (17) a intenção de cortar outros 1,7 mil postos de trabalho, como parte de um plano de corte de gastos. A empresa não esclareceu, no entanto, onde os cortes serão feitos, informando apenas que serão em todo o mundo.

"No conjunto, os planos afetarão aproximadamente 1.700 funcionários em nível mundial. Onde for possível, a Nokia fará consultas com os representantes dos trabalhadores sobre estes planos", afirma a empresa em um comunicado.

O diretor de comunicação da Nokia, Arja Suominen, declarou que a nova redução do quadro de funcionários integra os planos anunciados em dezembro para o corte de custos em pelo menos 700 milhões de euros (US$ 909 milhões) nos próximos dois anos.

"Desde então anunciamos várias iniciativas. Esta é uma iniciativa nova", declarou.
Em fevereiro, a empresa havia anunciado que planejava demitir mil funcionários em todo o mundo com saídas voluntárias.
 

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Intenção de consumo das famílias cresce pelo terceiro mês consecutivo

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) cresceu 0,2% no país na passagem de setembro para outubro deste ano e chegou a 93,3 pontos em uma escala de zero a…