Por pbagora.com.br

 

O ex-ministro da Fazenda Guido Mantega pediu o adiamento de seu depoimento à CPI do BNDES, que ocorreria na tarde de terça-feira. Mantega foi convocado por deputados para explicar a atuação banco de fomento durante o período em que foi presidente da instituição, de novembro de 2004 a março de 2006.

 

O ex-ministro justificou o pedido por razões pessoais: sua esposa, Eliane, foi internada no último dia 24 no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e será submetida a uma cirurgia de alto risco nos próximos dias. Ele pediu aos parlamentares que o depoimento seja postergado para 27 de outubro.

 

Veja