A BM&F Bovespa anunciou no final da terça-feira (17) lucro líquido pro forma de R$ 202,4 milhões no quarto trimestre de 2008, queda de 8,8% em relação a igual período do ano anterior, quando tinha sido de R$ 222 milhões. No ano, a instituição teve lucro líquido pro forma de R$ 909,6 milhões, crescimento de 20,3% na comparação com 2007.

 

Esse desempenho exclui itens como amortização de ágio de R$ 324,4 milhões, despesas operacionais que incluem ajustes de custos de integração e abertura de capital de R$ 179,11 milhões. O lucro anual consolidado somou R$ 645,6 milhões. A fusão entre Bolsa de Mercadorias & Futuros e Bolsa de Valores de São Paulo foi aprovada em maio do ano passado, formando uma das maiores bolsas do mundo.

 

A instituição apurou receita líquida de R$ 355,5 milhões no quarto trimestre, ante R$ 397,6 milhões um ano antes.

BM&F e Bovespa

O volume de contratos negociados no segmento BM&F caiu 20,8% no quarto trimestre em relação aos últimos três meses de 2007 e 19,9% ante o terceiro trimestre do ano passado.

 

Enquanto isso, na Bovespa, a queda no volume médio diário foi de 33,9% na comparação com o quarto trimestre de 2007. O principal indicador de desempenho do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa, caiu 32,6% entre o terceiro e o quarto trimestres do ano passado.

 

"Por outro lado, o número médio diário de negócios apresentou crescimento de 49,2% entre o quarto trimestre de 2008 e o quarto trimestre de 2007 e de 60,1% quando comparamos 2008 com 2007. Em relação ao trimestre anterior o aumento foi de 16,9%", informou a instituição.

 

A intensa volatilidade dos mercados nos últimos três meses de 2008 também se refletiu no aumento da velocidade de giro dos negócios anualizada, que atingiu 74,6%. Influiu no aumento o crescimento da participação de investidores de varejo no total negociado.

 

O volume de investidores subiu de 477,9 mil para 558,6 mil no final do quarto trimestre do ano passado, "principalmente devido ao ingresso de novos investidores de varejo, que representam mais de 96% desse total", informou a bolsa.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Auditoria revela má gestão no Conselho Regional de Contabilidade na PB

Uma auditoria realizada pelo Conselho Federal do Contabilidade  apontou a existência de uma má gestão no Conselho Regional de Contabilidade da Paraíba, na atual gestão, referente ao exercício de 2018.…

Receita Federal paga 5ª lote de restituição do Imposto de Renda 2019

Está programado para esta terça-feira 15 o crédito bancário do quinto lote de restituições do Imposto de Renda 2019. Segundo a Receita Federal, 2.703.715 contribuintes receberão um valor acumulado de…