Por pbagora.com.br

Combater as fraudes promovidas por criminosos dos tempos modernos é um dos objetivos do treinamento que será oferecido pela CDL Campina aos lojistas da cidade. A idéia é instrumentalizar os operadores de caixa e atendentes das informações de segurança, que podem evitar fraudes com cartões de crédito
clonados ou falsificados.

“Muitas dessas fraudes já são conhecidas e podem ser evitadas com o devido treinamento nos procedimentos de segurança. É preciso fazer uma checagem padrão de todos os clientes e desconfiar daqueles que apresentam um comportamento suspeito”, afirmou Gisele Barros, Gerente da  Filial VisaNet na Paraíba.

Os cartões de crédito de conceito moderno nasceram nos EUA na década de 1920, quando empresas privadas (sobretudo redes de hotéis e empresas petroleiras) começaram a emitir cartões para permitir a seus clientes comprar a crédito nos próprios estabelecimentos. O primeiro cartão de crédito de tipo
"universal", ou seja que pudesse ser utilizado em vários tipos de estabelecimentos diferentes, foi introduzido pelo Diners Club Inc. em 1950.

A VisaNet tem aumentado seus investimentos em procedimentos de segurança e informará como os comerciantes podem evitar cair no conto dos fraudadores com procedimentos como:

1. Verificar a autenticidade da marca Visa e do holograma tridimensional com a figura da pomba.

2. Conferir a data de validade do cartão e a marca de segurança "V" gravada em relevo após a data.

3. Verificar se o número e nome do cliente impressos do Comprovante de Venda emitido pelo terminal eletrônico são iguais aos gravados no cartão.

4. Solicitar código de autorização para todas as vendas manuais, independente do valor.

5. Verificar se a assinatura no Comprovante de Vendas é semelhante à do verso do cartão. Se necessário, pedir um documento de identidade.

6. Verificar os aspectos gerais do cartão, que não deve apresentar rasuras, quebras, colagens, ou qualquer outro tipo de alteração.

7. Checar se os algarismos em relevo estão uniformes, bem alinhados e sem sinais de adulteração. Os cartões Visa® começam com o número 4 e tem 16 dígitos.

8. Verificar se o número do cartão gravado em alto-relevo é idêntico ao do verso e ao que foi impresso pelo terminal eletrônico.

 

Segundo Tito Motta, presidente da CDL Campina, a parceria com a VisaNet, vai possibilitar que nos períodos de grande movimentação no comércio, os
fraudadores não se aproveitem para passar compras com cartões fraudados. “O curso será gratuito, pedimos apenas que os participantes tragam um quilo de
alimento não perecível que será doado para instituições sem fins lucrativos.”, revelou o dirigente lojista.

A palestra sobre Fraudes com Cartões de Crédito será realizada no auditório da CDL Campina Grande, na semana que antecede o Dia das Mães. Os interessados emparticipar devem entrar em contato pelo telefone 83 3182.5007 e solicitar o formulário de inscrição.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Aeroporto de Campina Grande volta a receber voos diários para Recife

Após mais de quatro meses, o aeroporto Presidente João Suassuna em Campina Grande volta a ter voos diários para Recife a partir de segunda-feira (3). As viagens tinham sido suspensas…

Saiba as datas de pagamento para os novos aprovados do auxílio emergencial

O Ministério da Cidadania publicou ontem (3) uma portaria com o calendário do pagamento do auxílio emergencial para aqueles que foram considerados elegíveis após contestação ao resultado do cadastro. A…