Por pbagora.com.br

As ações do Governo do Estado para implantação do programa para o cultivo do girassol, atendendo determinação do governador José Maranhão, estão em ritmo acelerados. Inicialmente o programa será implantado em 56 municípios paraibanos, nas regiões do Litoral, Agreste, Borborema e Vale do Paraíba, em uma área de dois mil hectares, beneficiando 1.000 agricultores familiares.

Para início do plantio, já se encontram estocadas na sede da Emater, na estrada de Cabedelo, quatro toneladas de sementes de girassol. A previsão da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e Pesca (Sedap) é de que o plantio tenha início no final de julho.
 

Nesta terça-feira, dia 7, o secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Ruy Bezerra Cavalcanti Junior, coordenou mais uma reunião com a participação de representantes da Petrobras, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Emepa e Emater para definir a formação do grupo de trabalho do Programa do biodiesel na Paraíba.

Na reunião, o representante da Petrobras, Paulo Roberto Dias, destacou a importância do Programa do Biodíesel na Paraíba, as ações e parcerias com o Governo do Estado.

O objetivo do projeto para o cultivo do girassol é incrementar a produção de sementes para a produção de óleo de combustível a fim de proporcionar a redução de poluentes do diesel, melhorando a qualidade de vida das cidades. O projeto vai contribuir com a geração de novos postos de trabalho, aumentar a renda e melhorar a qualidade de vida dos agricultores familiares. Os beneficiados serão pequenos produtores de bases familiares, dentro do Pronaf, localizados de preferência em áreas de assentamentos ou em áreas com potencialidades para o cultivo do girassol.

Durante a reunião, ficou definido que o grupo de trabalho será coordenado pelo o presidente da Emater, Hermano Severino de Araújo, e pelo gestor de Políticas Públicas da Sedap, Leonardo Pinheiro Montenegro. A equipe terá a participação, em nível federal, de representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário, dos Bancos do Nordeste e do Brasil, Funai, Denocs, Incra e das Universidades. Pelo governo estadual vão participar representantes da Sedap, Emater, Emepa, Interpa e Cooperar. Além da participação de representantes dos governos municipais, empresas e sociedade civil organizada. A próxima reunião do Grupo de Trabalho acontecerá no auditório da Emater, no dia 25 de abril.

Durante a reunião de trabalho, o secretário Ruy Bezerra destacou que o governador Maranhão tem duas prioridades na área da agricultura: uma é a defesa da agropecuária no Estado e outra a defesa do biodíesel.

Treinamento de técnicos
Durante o mês de março, a Emater capacitou 25 técnicos, através do Centro de Treinamento de Alagoa Grande. Os participantes conheceram todo o processo de cultivo do girassol, a partir da escolha e preparação do solo, uso de sementes selecionadas, espaçamento e densidade do plantio, tratos culturais, aumento da produtividade e do número de plantas por área, manejo integrado de pragas e sua importância, principais pragas do girassol, uso correto dos agrotóxicos, colheita, armazenamento e comercialização do produto.

A importância do girassol
O girassol também é uma fonte importante de óleo comestível. Sua produção mundial ultrapassa 20 milhões de toneladas anuais de grãos.
O óleo de girassol vem despertando nos últimos anos, o interesse de muitos produtores com seu potencial para o plantio voltado à produção de biodiesel.
 

Deixe seu Comentário