Um relatório confidencial de investigação no Reino Unido revela que parte da fraude de US$ 600 milhões na Bolsa de Valores de Londres foi arquitetada em São Paulo.

 

A informação foi publicada pela "Folha de S.Paulo" nesta segunda-feira (assinantes do UOL e da Folha podem ler a reportagem na íntegra).

 

Segundo reportagem do jornal, a gestora de Langbar International Limited teria simulado depósitos de quantias na casa dos milhões e usado documentos "provavelmente falsos" do Banco do Brasil para "para catapultar as ações da empresa no mercado financeiro londrino".

 

UOL

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pagamento do auxílio emergencial continua hoje; saiba quem recebe

Novos lotes do auxílio emergencial da primeira parcela, para novos aprovados, quanto da segunda, para quem recebeu a anterior até 30 de abril, são pagos nesta terça-feira (26) pela Caixa…

Pesquisa aponta que 89,7% dos pequenos negócios da PB foram impactados pela pandemia da Covid-19

Uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) aponta que 89,7%  dos pequenos negócios paraibanos já registraram impactos no seu funcionamento em razão da pandemia…