Por pbagora.com.br

O presidente do Federal Reserve de Boston, Eric Rosegreen, comparou a atual situação das instituições bancárias à crise japonesa dos anos 90, em discurso realizado na Conferência Anual de Washington, no Instituto de Banqueiros Internacionais.

De acordo com ele, uma das lições deixada pela turbulência japonesa é que os ´ativos podres precisam ser removidos dos bancos o mais rapidamente possível´.

De acordo com Rosegreen, a remoção e a venda ligeira e, portanto, eficaz de ativos podres, representam medidas que permitirão a alocação de recursos que serão melhor utilizados pela economia do país.

´Quando um banco é fechado com o Federal Deposit Insurance Corporation (FDIC), isso é relativamente simples: os ativos bons são vendidos para um proprietário que preocupa-se com a maximização de rentabilidade futura´, esclarece o presidente do Fed de Boston.

´Acredito que a remoção de ativos problemáticos dos bancos seria desejável, pois assim essas instituições podem focar-se novamente em projeções futuras ao invés de olhar para o passado´, concluiu Rosegreen.

 

InvestNews

Notícias relacionadas

Preço do gás de cozinha pode chegar a R$ 100 na Paraíba a partir desta segunda

Os paraibanos amanheceram com um novo aumento no preço do gás de cozinha. O botijão subiu cerca de R$ 5 a partir desta segunda-feira (14). O aumento de 5,9% no…