O presidente da Embraer, Frederico Curado, e três diretores da empresa estão no Palácio do Planalto, para uma audiência com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com os ministros Guido Mantega (Fazenda), Dilma Rousseff (Casa Civil) e Miguel Jorge (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior).

Os dirigentes da Embraer foram chamados por Lula, que quer explicações sobre a recente demissão de 4.200 dos 21.000 empregados da empresa, em que a União tem participação acionária majoritária.

 

Lula discorda das demissões porque recentemente a empresa recebeu recursos do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para investimento na produção de aviões de passageiros.

 

Os quatro dirigentes da Embraer, ao chegarem ao Planalto, confirmaram que estavam chegando para um encontro com Lula.

 

O Estado de S. Paulo

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário