A crise que atinge parte da economia mundial não afetou, até o momento, o setor da indústria na Paraíba. A afirmação é do presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), Francisco de Assis Benevides Gadelha. Para ele, no Brasil, de uma forma geral, o fenômeno tem sido muito incentivado pela mídia.

Buega Gadelha ressaltou, no entanto, que a crise acontecerá, mas não será muito forte, porque no momento se vive um consumo interno crescente e há muito tempo que o Brasil tem condições de sobrevivência própria e independe de outros países para sobreviver, haja vista que é um grande exportador de commodities e manufaturados, que vão desde soja até aviões.

“Sendo assim, as exportações, que serão o epicentro da crise, elas também serão minimizadas por este fato, de a gente ter uma gama de produtos muito grande, que são exportados para o exterior”, explicou o presidente da Fiep, reafirmando que até hoje a turbulência na economia internacional não vem pesando forte sobre a economia da Paraíba.

Buega lembrou que a Paraíba exporta cerca de US$ 230 milhões, anualmente, e vem patinando nessa cifra há anos. Porém, segundo ele, no ano de 2008 o Estado registrou uma queda para US$ 227 milhões nas exportações e importou US$ 390 milhões, o que representa um déficit de US$ 163 milhões na balança comercial, cifra esta considerada alta.

De acordo com Buega Gadelha, a Paraíba é um Estado importador e não exportador. Por esta razão, ele acredita que a crise por aqui será bem menos sentida do que nos estados mais desenvolvidos. Ele descartou a possibilidade de demissão no setor industrial. Hoje, 80 mil pessoas são empregadas nas indústrias da Paraíba.

 

Edvanildo Lobo
PB Agora

 

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Lojas são notificadas em CG por descumprirem decreto do município

mesmo com a antecipação dos feriados de Corpus Christi, São João e aniversário da Paraíba, muitas lojas funcionaram em Campina Grande e foram notificadas pelo Procon. O feriadão forçado resultou…

Ônibus voltam a circular em Campina Grande nesta sexta-feira

Após um dia com os serviços paralisados, a frota de ônibus coletivos de Campina Grande volta a circular na cidade a partir desta sexta-feira (5). A informação foi confirmada pela…