O que seria um bom negócio acabou se transformando em frustração para um consumidor de João Pessoa, Capital da Paraíba, que, animado com a promoção no valor de uma panela de pressão, que havia reduzido em mais de 50% o preço original, partiu para efetuar a compra, mas acabou decepcionado.

Segundo anúncio da rede de lojas Ferreira Costa, uma panela de pressão foi anunciada para todo o Brasil por R$ 99, sendo seu preço original R$ 229. No entanto, na hora que o consumidor entra no site da loja para concretizar a compra do produto com 56% de desconto, o cliente notou que o valor do frete feito pela própria rede de lojas era bem superior ao do produto.

O anúncio acabou sendo retirado do ar nesta sexta-feira, em plena black friday, dia oficial da promoção, com a justificativa de que o produto havia esgotado.

Para salvaguardar os seus direitos, o secretário do Procon de João Pessoa, Helton Renê esclarece o órgão vai ficar de plantão até às 20h de hoje durante o Black Friday.

“Nosso setor de Fiscalização estará a postos para atender ao consumidor até às 20h, dando orientações, dirimindo dúvidas e realizando diligência caso seja solicitada. Nosso telefone gratuito, o 0800 083 2015, também estará à disposição do cidadão”.

Segundo ele, o consumidor paraibano tem que ficar atento aos seus direitos para não ser lesado.

Ele lembra ainda que o Procon-JP também realizou campanha para compra segura na internet, orientando que as pessoas não adquiram produtos em redes sociais e, sim, em sites de compras devidamente registrados e com estabilidade no mercado.

“Relembro ao consumidor que o site Proconjp.pb.gov.br disponibiliza a relação de lojas virtuais não recomendáveis. Reafirmo que todo cuidado é pouco nesse momento de grande consumo”, alerta Helton Renê.

A reportagem do PB Agora entrou em contato, via email, com a assessoria da Rede Ferreira da Costa, para saber a versão da loja, mas ainda não obteve resposta.

VEJA OS PRINTS DA PROPAGANDA

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Comerciantes que abrirem lojas em CG podem ser multados em até R$ 20 mil

Na luta para evitar a disseminação do novo coronavírus, o Procon Municipal ameaçou tomar uma medida drástica. Como muitos comerciantes tem descumprido o decreto municipal e as medidas de isolamento…

Chefe dá dicas de como bares e restaurantes podem sobreviver ao Covid-19

O governo deve anunciar ainda breve medidas para mitigar os efeitos da crise do coronavírus sobre o setor de bares, restaurantes e hotéis. Entre as ações previstas, está a possibilidade…