A Paraíba o tempo todo  |

Com ajuda de US$ 170 bi, AIG dará bônus de US$ 165 mi a executivos

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A seguradora American International Group (AIG) vai pagar US$ 165 milhões em bônus a seus executivos, apesar de ter recebido auxílio econômico superior a US$ 170 bilhões do Tesouro dos Estados Unidos e do Federal Reserve para escapar da falência, informa o jornal The New York Times.

A companhia, que apresentou no início de março o pior resultado trimestral da história de Wall Street, foi pressionada pelo secretário do Tesouro, Timothy F. Geithner, para que volte atrás na decisão. A AIG defende-se dizendo que os prêmios foram acordados em 2008, antes da crise, e que não podem ser legalmente cancelados.

O prêmio, destinado aos executivos do departamento de produtos financeiros da AIG, cobre 400 trabalhadores. Enquanto para alguns o bônus não deve passar de US$ 1 mil, outros podem receber até US$ 6,5 milhões.

Embora a Casa Branca ainda não tenha reagido formalmente, o jornal The New York Times afirmou que a administração americana está furiosa com a situação, mas analisou os contratos e concluiu que os acordos assinados não podem ser quebrados. O Departamento do Tesouro vai tentar agora fazer com que este custo seja devolvido pela empresa, no âmbito do acordo de pagamento da dívida ao governo americano.

Terra

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe