Por pbagora.com.br

Levantamento realizado pelo Sebrae mostra que as micro e pequenas empresas no Brasil estão em plena expansão e que até 2015 o país terá 8,8 milhões de novos empreendimentos, número 76% maior que os 5 milhões atuais.

Outra pesquisa, da consultoria americana DBM, uma das maiores em recolocação de executivos do mundo, mostra que, desde outubro de 2008, o número de brasileiros que decidiram abrir um negócio próprio aumentou em 60%.

Parte dessa tendência recente, diz a DBM, pode ser reflexo da crise financeira que atingiu o planeta desde o final do ano passado. Afinal, são vários os motivos que levam alguém a ter o próprio negócio e um deles pode ser o desemprego.

Mas atenção: se você está querendo montar o negócio próprio apenas porque ficou desempregado ou não consegue se recolocar no mercado de trabalho, precisa pensar bem antes de tomar qualquer decisão.

Abrir uma empresa é um plano de longo prazo, que pode dar prejuízo e muita dor de cabeça se não for cercado de cuidados, informação e muito planejamento estratégico.

Para ajudar nessa decisão, o R7 preparou um guia completo com tudo o que é preciso para abrir uma empresa, quanto dinheiro é necessário para cada tipo de negócio e a quem pedir ajuda e orientação.

 

R7

Notícias relacionadas

Caixa libera nessa sexta-feira novo saque do auxílio emergencial

Nascidos em novembro terão acesso ao saque de valores referentes ao primeiro depósito do novo lote do Auxílio Emergencial hoje (14), quando a Caixa Econômica Federal libera também a transferência…