O mercado de trabalho formal brasileiro já perdeu 797,5 mil vagas desde novembro, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) apurados para reportagem da Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal). O número é equivalente ao da população de São Bernardo (SP), com 781 mil habitantes.

 

Em janeiro, pelo terceiro mês seguido, as demissões superaram as contratações com carteira assinada, e o saldo de vagas ficou negativo em 101.748 postos. Foi o pior resultado para o mês de janeiro da série histórica do Caged, levantamento mensal de vagas formais do Ministério do Trabalho. A última vez em que houve saldo negativo de empregos formais em janeiro foi em 1999- ano da desvalorização do real.

 

O corte de vagas com carteira assinada foi menor em janeiro que dezembro, mas ainda indica forte contração de empregos formais no país.

 

São Paulo –maior Estado empregador do país– continuou puxando a queda do emprego formal. A cada cem vagas fechadas no mercado em janeiro, 38 ocorreram em empresas do Estado. Rio de Janeiro e Minas Gerais vieram em seguida.

 

Segundo o ministro Carlos Lupi (Trabalho), o mercado deverá reagir a partir de março. Ele afirmou nesta quinta-feira que o mês de fevereiro deverá ter um desempenho fraco, mas ainda assim será melhor do que janeiro.

 

"O resultado de 102 mil negativos não é bom para o país, mas há demonstrações inequívocas da melhora da economia nacional. Fevereiro já será um resultado diferente desse de janeiro impulsionado por construção civil e serviços", afirmou.

 

O ministro admitiu rever a previsão de criação de 1,5 milhão de empregos no fim do ano. Segundo Lupi, ele mantém a expectativa alta, mas fará uma revisão do número após o resultado do Caged de março.

 

Folha Online

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

IBGE inscreve para concurso público com 63 vagas até esta terça-feira

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (25), o edital para o processo seletivo com 2.658 vagas temporárias para coordenador censitário de subárea e agente censitário…

Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 34 mi

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.197 da Mega-Sena, realizado na noite desta segunda (14) em São Paulo (SP). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 03 – 11 –…