Por pbagora.com.br

O Brasil fará parte do grupo que financia regularmente as operações do Fundo Monetário Internacional (FMI), informou uma fonte ligada à equipe econômica nesta quinta-feira. A inclusão deve ser formalizada até o final do mês.

A entrada no plano de transações financeiras do Fundo não exclui a decisão do país de colaborar com cerca de 10 bilhões de dólares para elevar a capacidade de financiamento do organismo em meio à crise global. Esse aporte foi decidido também por outros países na reunião do G20. 

O montante repassado ao FMI por meio do plano de transações financeiras pode chegar a 4,5 bilhões de dólares, valor proporcional à cota do Brasil no Fundo, acrescentou a fonte.

Isso não afetará o nível das reservas internacionais do país, mas apenas sua composição. O país utilizará as reservas para adquirir um ativo do FMI denominado em Direito Especial de Saque.

 

UOL

Deixe seu Comentário