A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou a semana com as operações com forte alta, seguindo de perto a euforia dos mercados internacionais com o plano de resgate de "títulos podres", dívidas de alto risco de inadimplência, em poder dos bancos dos EUA. O Ibovespa, referência para o mercado brasileiro, teve alta de 5,89%, terminando o dia aos 42.438 pontos.

 

A boa notícia para os bancos dos Estados Unidos se refletiu positivamente também nas instituições financeiras nacionais. As ações do Itaú e do Unibanco – que, apesar da junção das instituições, ainda são negociadas separadamente – tiveram alta superior a 10%. A Cyrella e a Gafisa subiram 13% e 15%, respectivamente, de carona no aumento da venda de casas em território americano, que pode mostrar uma recuperação do mercado internacional.

Entre as baixas, a pior foi registrada pela Gol, que teve forte prejuízo de R$ 687,1 milhões no último trimestre de 2008, ampliando sensivelmente resultado negativo de R$ 6,5 milhões sofrido no mesmo período do ano anterior. Com isso, as ações da companhia tiveram queda de 7%, puxando também os papéis da TAM, que recuaram mais de 2% no dia.

 

Boas notícias dos EUA

O bom humor também é captado pelos índices nos Estados Unidos, que operam em alta. Os investidores aqui e lá mostram otimismo após o pronunciamento do secretário do Tesouro, Timothy Geithner, que detalhou o plano público-privado para tirar até US$ 1 trilhão em ativos podres dos balanços dos bancos.

 

As vendas de imóveis residenciais usados nos Estados Unidos subiram 5,1% em fevereiro, para a taxa anualizada de 4,72 milhões de unidades, ante 4,49 milhões de unidades em janeiro, informou nesta segunda-feira a Associação Nacional de Corretores de Imóveis. Economistas esperavam venda de 4,48 milhões de unidades. O aumento de fevereiro é o maior desde julho de 2003.

Pregões

Com isso, todos os íncides dos EUA fecharam o dia em forte alta. Em Nova York, o indicador Dow Jones – referência para Wall Street – e o tecnológico Nasdaq tinham alta de 6,89% e de 6,76%, respectivamente.

 

Na Europa, o dia também foi de otimismo. As bolsas de valores encerraram em alta, seguindo o avanço de Wall Street. O índice FTSEurofirst 300, referência das principais ações europeias, subiu 3,1%, para 739 pontos, maior fechamento desde 19 de fevereiro. O indicador registrou valorização pela terceira sessão consecutiva.

Na Ásia, a semana começou com valorização nos principais mercados. Os bancos também foram destaque.

 

G1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 21,5 mi no próximo concurso

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.199 da Mega-Sena, realizado neste sábado. O próximo sorteio pode pagar R$ 21,5 milhões. As dezenas sorteadas foram: 15 – 23 –…