Por pbagora.com.br

 Os principais índices acionários dos Estados Unidos terminaram em queda nesta sexta-feira (18), em uma sessão com forte volume de negócios, após o Federal Reserve manter os juros perto de zero, alimentando preocupações sobre o potencial impacto do fraco crescimento global nos resultados corporativos nos EUA.

O índice Dow Jones caiu 1,74%, a 16.384 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 1,62%, a 1.958 pontos. O índice Nasdaq recuou 1,36%, a 4.827 pontos.

Além do estado da economia global, o banco central norte-americano citou a volatilidade no mercado financeiro e a fraca inflação nos EUA em sua decisão da véspera, enquanto manteve a porta aberta para um modesto aperto monetário ainda este ano.

A volatilidade desta sexta-feira também foi exacerbada pelo vencimento simultâneo de contratos de opções e futuros sobre ações e índices, levando investidores a comprar ou vender ações para cobrir os contratos que expiraram.

"As pessoas estão avaliando este como outro dado de um ambiente potencialmente deflacionário. Deflação é ruim para lucros corporativos e isso leva a preços menores de ações", disse o diretor de investimento da Wedbush Equity Management LLC, Stephen Massocca.

Mais de 10,9 bilhões de ações foram negociadas nas bolsas dos EUA nesta sessão, acima da média de 8,1 bilhões de ações nas 20 sessões anteriores, de acordo com dados da Thomson Reuters. Na semana, o Dow Jones perdeu 0,3%, o S&P recuou 0,1% e o Nasdaq subiu 0,1%.

 

G1

Notícias relacionadas

A bomba da inadimplência: Entenda os motivos do número de inadimplentes ter caído em JP, mas dívidas terem aumentado

Na média, o brasileiro nunca esteve com as contas tão no azul quanto agora. E isso vem vindo de 2020, ano que deixou milhões de desempregados e no qual até…