Quem tiver interesse de veranear no primeiro trimestre de 2019, os aluguéis de temporada são uma excelente opção. A partir deste mês, a procura por imóveis na região litorânea de João Pessoa tende a aumentar. O presidente Rômulo Soares, do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-PB), orienta aos interessados a antecipar-se para adquirir os melhores imóveis.

 

Segundo pesquisa do Creci-PB, a procura de aluguéis de temporada, no mês de agosto, aumentou 5% em relação ao mesmo período do ano passado. Considera-se locação para temporada aquela destinada à residência temporária do locatário para prática de lazer, realização de cursos, tratamento de saúde ou reformas de casa. O período mais acentuado dos aluguéis de temporada ocorre de dezembro a fevereiro e as locações mais procuradas na região litorânea da Grande João Pessoa são as praias de Camboinha, Poço, Areia Dourada, Formosa, Bessa, Cabo Branco, Manaíra e Tambaú. No Litoral Sul destacam-se Jacumã, Carapibus, Tabatinga e Coqueirinho e no Litoral Norte, a cidade de Lucena.

 

Os preços dos aluguéis variam bastante, podendo ser no mínimo de R$ 1mil e chegar até R$ 15 mil. Tudo vai depender do número de dias, tamanho, localização e itens contidos no imóvel. Caso ele esteja situado à beira-mar, tenha piscina ou esteja localizado em ruas principais onde os blocos desfilam no Carnaval, o valor do aluguel é mais elevado. A Lei 8.245/91 regulamenta a locação de bens imóveis, inclusive, o contrato por temporada e estabelece algumas regras como: o inquilino pode permanecer na locação por até 90 dias, se o imóvel estiver mobiliado, deverá constar no contrato a descrição dos móveis e utensílios que o guarnecem, como o estado que se encontram.

 

O ideal é fazer uma vistoria na entrada e saída do inquilino. O locador poderá receber de uma só vez e antecipadamente os aluguéis e encargos ou receber 50% do valor no ato do contrato e a outra metade quando o inquilino for receber as chaves. O presidente do Creci, Rômulo Soares, aconselha documentar por escrito tudo que foi negociado na locação e a procurar um profissional qualificado para evitar transtornos.

 

Redação

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tarifa de energia elétrica na Paraíba vai ter redução média de 4%

Boa notícia para o bolso. A tarifa de energia elétrica para os consumidores da Paraíba vai ficar em média 4,27% vai barata a partir do dia 28 de agosto. O…

Prefeitura de Campina Grande abre consulta sobre cidades inteligentes

Cidadãos podem participar enviando mensagens e vídeos sobre o que esperam de uma cidade inteligente até o dia 26 de agosto Cidades inteligentes não são apenas um sonho do futuro.…