As bolsas de valores européias atingiram o menor patamar em seis anos no fechamento desta segunda-feira, abatidas pelos bancos após notícias de que o Citigroup está em conversações com o governo norte-americano para que este assuma uma parte da instituição.

 

Além disso, os papéis de montadoras apresentaram queda devido às persistentes preocupações sobre a desaceleração da demanda no setor.

 

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais bolsas da região, recuou 0,68 por cento, para 730 pontos. O indicador acumula queda de 12 por cento neste ano, depois de já ter caído 45 por cento em 2008.

 

Entre os bancos, UBS perdeu 9 por cento, Deutsche Bank caiu mais de 5 por cento e Dexia despencou 12 por cento.

 

"É muito difícil investir em bancos devido às incertezas sobre quanta diluição de capital eles sofrerão para manter seus negócios", disse Andrew Bell, diretor de pesquisa do Rensburg Sheppards.

 

As ações das montadoras figuraram entre as maiores baixas. BMW, Daimler AG, Porsche, Volkswagen AG, Peugeot, Renault, Fiat recuaram entre 3,8 e 10 por cento.
 

 

estadao.com.br

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eventos se consolidam no calendário turístico de Campina Grande

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, consolidou dois grandes eventos – Campina Folia e Carnaval da Paz – no calendário turístico da cidade.…

Sine oferece 79 vagas de empregos em cinco cidades da Paraíba

Oportunidade de emprego. O Sistema Nacional de Empregos na Paraíba (Sine-PB) oferece a partir desta quinta-feira (27) um total de 79 vagas de trabalho, disponíveis nas cidades de João Pessoa,…