A Paraíba o tempo todo  |

“A palavra é economizar” e priorizar as contas atrasadas com juros mais altos, dizem economistas

Foto: USP Imagens

Levantamento realizado pela BLU365 referencia em planejamento financeiro aponta que 60% dos brasileiros que têm contas a pagar querem quitá-las para começar este mês de janeiro com melhores condições. Para outros 32%, as contas estão atrasadas e devem continuar assim por um período. Apenas 6% indicaram estar “no azul”, mas admitiram que não conseguiram honrar todos os compromissos até dezembro passado.

Para muitos, 2020 foi um ano financeiramente desafiador e mostrou o quanto o planejamento financeiro é importante para cada momento da vida e superar momentos de incertezas. Para ajudar as pessoas a entrarem neste 2021 com as finanças organizadas, independente dos objetivos de cada um, os economistas Werton Oliveira e Rafael Bernardino dão dicas de como fazer um bom planejamento financeiro.

Segundo Werton Oliveira, é importante que se faça uma lista de prioridades e mais, é preciso esquecer as compras por impulso. “A palavra de ordem é economizar e pagar as contas que geram juros mais altos”. O entrevistado lembra ainda que o controle atual pode significar a compra futura. “Janeiro é conhecido por ser um mês de promoções e descontos, então o indicado é focar nas contas agora para que depois, se possível, se façam as compras”.

Assim também pensa o economista Rafael Bernardino onde destaca que, de fato, a pandemia provocou uma sensação diferente em relação às contas, como se não tivessem mais o mesmo peso dos outros anos. Mas segundo o especialista muito desse sentimento é decorrente da postura dos próprios credores, que também sofreram as consequências da covid-19. “Os credores estão mais compreensíveis e acessíveis, mais dispostos a negociar e isso provoca certo conforto aos devedores. Porque muitas vezes as pessoas fazem negociações que não vão conseguir honrar. Ou seja, é preciso focar na quitação das dívidas, negociar dentro das possibilidades e controlar os gastos para conseguir arcar com a negociação”, disse, destacando que é preciso aproveitar as oportunidades com foco e cautela. Segundo ambos, uma dica simples, mas muito poderosa é ter a noção do tamanho da dívida é fundamental para quitá-la. Saiba quanto falta pagar, quais são os juros e o valor de cada parcela.

Redação

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe