A Paraíba o tempo todo  |

UFPB promoverá primeiro Festival Cultural da China na região Nordeste

Entre os dias 03 e 05 de fevereiro será possível imergir na cultura chinesa sem sair de João Pessoa. A Universidade Federal da Paraíba (UFPB), por meio da Agência UFPB de Cooperação Internacional (ACI), realiza a primeira edição do Festival Cultural da China.

Este será o primeiro festival desta temática na região Nordeste do Brasil. O evento vai acontecer na Usina Cultural Energisa e a programação contará com palestras, oficinas, exposições e atividades culturais, como apresentação de filmes, músicas e gastronomia chinesas, incluindo o Coral Flor de Mandacaru, formado pelos estudantes do Curso online de Mandarim, ofertado pela UFPB em parceria com a Universidade de Dalian de Línguas Estrangeiras (DUFL-China). O coral será regido por Nan Qi, professora adjunta da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Organizado pela Agência UFPB de Cooperação Internacional (ACI/UFPB), o evento conta com o apoio e a colaboração do Consulado Geral da China em Recife, da Universidade de Dalian (China), do Setor de Relações Internacionais (SRI) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e da Associação Chinesa Paraibana do Brasil. O intuito da ACI é expandir esta cooperação e estreitar relações.

De acordo com a professora Ana Berenice, Diretora de Relações Interinstitucionais da ACI, a data foi escolhida para representar o Festival da Primavera comemorado anualmente na China e no qual é celebrado o ano novo chinês, já que na China é seguido o calendário lunar, diferente do ocidente que segue o calendário solar. Em 2023, o Ano Novo do Coelho iniciará em 22 de janeiro.

Na noite do dia 3, ocorrerá a abertura oficial do evento apenas para convidados e com a presença de representantes governamentais do Brasil e da China e apresentações culturais. Já nos dias 4 e 5 a Usina estará aberta ao público gratuitamente com uma rica programação, que inclui atividades para todas as idades.

Estão previstas atividades de Tai Chi Chuan, Kung Fu, Sanda, caligrafia chinesa, pintura de rosto para as crianças, papper cutting, oficinas de artesanato, degustação de culinária chinesa, exposição de filmes chineses, contação de histórias chinesas, palestras sobre história e geopolítica e medicina oriental; exposição de jogos chineses, exposição de trajes e artes chinesas e shows de talentos.

“Realizar o evento fora da universidade é uma escolha consciente para envolver toda a sociedade pessoense, ao mostrar um pouco da cultura chinesa e dos resultados concretos já advindos da parceria entre a UFPB e a China”, acrescentou a Profa. Ana Berenice.

O evento é motivado pelo bom relacionamento entre UFPB e o Consulado Geral da China em Recife, que já rendeu acordos de cooperação assinados com a Universidade de Liaoning (LNU) e com a Universidade de Dalian de Línguas Estrangeiras (DUFL).

O I Festival Cultural da China terá entrada gratuita e a programação completa será divulgada nas próximas semanas.

Parceria UFPB e China

Por meio da Agência UFPB de (ACI), a universidade incentiva a comunidade acadêmica ao interesse por línguas e estudos além do eixo América-Europa, ao buscar parcerias com África, Leste Europeu, Ásia e países constituintes do BRICS. A China é um dos principais membros do BRICS, líder em tecnologias disruptivas, além de ser um dos principais parceiros comerciais do Brasil e ter grande importância e influência no cenário internacional, sendo assim um dos focos de atuação da ACI-UFPB.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe