Por pbagora.com.br

Heloisa Faissol foi encontrada morta em seu apartamento em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, na tarde dessa quinta-feira (2). A socialite tinha 46 anos e ficou em terceiro lugar na sétima edição de “A Fazenda” (2014), vencida pelo cantor DH. A causa da morte de Heloisa ainda não foi determinada.

“Um procedimento foi instaurado na 13ª Delegacia de Polícia (Ipanema) para apurar a morte de Heloísa Worms Pinto, 46 anos, cujo corpo foi encontrado ontem à tarde em um apartamento localizado na Rua Sousa Lima, Copacabana. Perícia foi realizada no local e diligências estão em andamento para esclarecer todas as circunstâncias do ocorrido. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para determinar a causa da morte”, diz nota enviada pela assessoria de imprensa da Polícia Cívil.

Segundo o jornal “Extra”, José Arthur, de 19 anos, filho de Heloisa, que durante sua participação no reality disse ter beijado Chico Buarque, foi quem encontrou o corpo da mãe na cozinha do imóvel. A socialite era filha do dentista Olympio Faissol, estudou moda em Paris (França), comandou um ateliê de alta costura e exerceu outras profissões como acrobata, atriz e artista plástica, além de ter lançado livros como “O Lixo do Luxo” e “Mirei no Príncipe e Acertei no Ogro”. Ela também foi compositora e cantora de funk e ficou conhecida como Heloisa Quebra-Mansão, uma referência a Tati Quebra Barraco, que perdeu o filho morto a tiros, aos 19 anos, em dezembro passado.

Terra.com.br

 

Notícias relacionadas

Lei cria Dia Nacional do Sanfoneiro, em homenagem a Sivuca

A data de nascimento do músico paraibano Severino Dias de Oliveira, Sivuca, a partir de agora também é de comemoração ao Dia Nacional do Sanfoneiro. O dia 26 de maio…