Por pbagora.com.br

 “Quero navegar com você nos mares da emoção”, cantou Roberto Carlos para os 1.600 fãs que lotaram o teatro do navio MSC Preziosa, ancorado em Búzios (RJ). A música “Comandante do seu coração” foi escolhida por ele para começar e encerrar o show deste domingo (9) no cruzeiro “Emoções em Alto Mar”, que está completando 10 anos.
O repertório cheio de hits incluiu “Emoções”, “Detalhes”, “Amante à moda antiga”, “Lady Laura” e a recente “Esse cara sou eu”, lançada em 2012.

Em uma sequência em que o artista tocou “O Calhambeque” e “Cadillac”, as luzes se apagaram e um Cadillac inflável foi colocado no palco. (Correção: o título original desta reportagem falava em calhambeque inflável, mas a alegoria apresentada imitava um Cadillac. O título foi corrigido às 8h42).
Champanhe e rosas

No final da apresentação, que começou às 23h30 e durou cerca de uma hora e meia, o cantor emendou trechos de “É proibido fumar”, “Namoradinha de um amigo meu”, “E por isso estou aqui” e “Jovens tardes de domingo”.

Em seguida, cantou em italiano “Champagne”, de Peppino di Capri, enquanto garçons serviam 1.600 taças de espumante para o público que lotava o teatro do navio. Roberto brindou com algumas das fãs que se aglomeravam na frente do palco à espera do momento que se repete em todo show do artista: a entrega de rosas para o público.

Na hora em que o cantor começou a beijar as rosas e a jogá-las, uma infinidade de mãos se levantaram em busca da lembrança. Na confusão, as fãs se empurravam e pisavam nos pés umas das outras. Uma mulher perdeu o brinco. Outra tentava catar as pétalas de uma flor que havia se despedaçado. Quem conseguia pegar uma das rosas vibrava. Em shows desse tamanho, o artista costuma distribuir de cinco a seis dúzias.

Este é o maior navio em que o “Emoções em Alto Mar” já foi realizado, e também o teatro com maior capacidade nesses 10 anos. O artista faz três shows no cruzeiro deste ano, que começou no dia 8 e vai até o dia 12. O primeiro deles foi no sábado, o segundo no domingo e o próximo será na terça-feira (11).

G1