A Paraíba o tempo todo  |

Muriçoquinhas e Melhor Idade fazem festa no Folia de Rua em JP

 A noite de segunda-feira (4) reservou os desfiles de dois dos mais tradicionais blocos do Folia de Rua em João Pessoa , Muriçoquinhas e Melhor Idade. Por volta das 16h (horário local) o Bloco Muriçoquinhas saiu às ruas do Miramar para dar início a caminhada da folia até o Busto de Tamandaré, onde entregou a alegria para o bloco da Melhor Idade. “Um encontro de gerações no Folia de Rua. Esperamos a chegada da folia pelos pequeninos para levá-la adiante pela orla de João Pessoa”, segundo descreveu a presidente do Melhor Idade, Shilon Gama.

Fundado para alegrar os filhos das “Muriçocas”, maior bloco do Folia de Rua, o bloco das Muriçoquinhas leva milhares de crianças fantasiadas dos seus personagens preferidos a Avenida Epitácio Pessoa, por onde desce o bloco. A professora Elisabete Lima, 40 anos, frequenta o bloco há 7 anos. Neste tempo apenas um dos seus três filhos continua a acompanhar o Muriçoquinhas pela Epitácio Pessoa.

“Meus outros filhos de 18 e 16 anos não querem mais frequentar, agora só tenho um com 9 anos que continua a acompanhar o bloco. Aproveito e acabo trazendo também meus sobrinhos, já que as mães estão trabalhando. Como saio mais cedo, venho e garanto a brincadeira deles”, comentou Elisabete, ao lado do filho Victor de 9 anos, das sobrinhas Luísa e Maria Clara, de 8 anos, Maria Eduarda de 11 anos, Renata de 16 anos, e do sobrinho Arthur de 2 anos.

A turma de Gabriel e Amanda Madruga, Luma Bezerra, Kauê Jacob e Sofia Machado, todos de 3 anos, também marcou presença no Muriçoquinhas. Pela primeira vez reunidos no bloco, os colegas de turma se vestiram dos personagens preferidos e caíram na folia. A mãe dos irmãos Gabriel e Amanda, Ruth Madruga, explicou que os pais da turma sempre costumam marcar eventos para reunir as crianças. “Costumamos fazer festinhas do dias das crianças, de aniversários, manter a amizade desde pequenos. Sabemos como é bom ter amizade desde pequeno, queremos proporcionar isso”, comentou.

Alguns metros a frente e com muitos anos de carnaval a mais que a turma de Gabriel e Amanda, Maria das Neves Araújo, conhecida como Nevinha Araújo, esperava ansiosa a descida das Muriçoquinhas para cair na folia. Fantasiada de Rainha, Nevinha Araújo, garantiu que ao brincar no Melhor Idade relembrar antigos carnavais se torna inevitável.

“É importante este tipo de bloco. Não troco a minha animação pela de muitos jovens. Frequento o Melhor Idade há 5 anos. Quando brinco aqui me recordo do antigos carnavais, da minha juventude”, relatou a artista de 66 anos.

Após se encontrar com o bloco Muriçoquinhas no Busto de Tamandaré, o Melhor Idade no segue pela Avenida Almirante Tamandaré, pela orla da praia de Tambaú até um hotel, onde acontece um baile de orquestra. O bloco da Melhor Idade, um dos mais antigos do Folia de Rua, anima os foliões há 17 anos.

G1
 

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe