O ator e ativista Ron Silver, que atuou na série de TV “The West Wing”, morreu neste domingo (15), de câncer. Silver tinha 62 anos e ficou conhecido pelo papel do estrategista da Casa Branca Bruno Gianelli na ficção sobre os bastidores da Presidência dos EUA, que ficou no ar entre 1999 e 2006.

 

“Ron Silver morreu enquanto dormia, cercado por sua família, nesta manhã”, disse Robin Bronk, diretor-executivo da ONG Creative Coalition, que o ator ajudou a fundar junto com outros artistas, como Alec Baldwin and Susan Sarandon. Segundo Bronk, Silver lutava contra um câncer no esôfago havia dois anos.

 

O ator, até então democrata, se tornou um dos principais defensores da política republicana e do governo Bush no combate ao terrorismo depois dos ataques de 11 de Setembro. Em entrevista à agência Associated Press, em 2004, disse que o posicionamento prejudicava sua carreira. “Me afetou muito. Não trabalho há dez meses”, contou.

 

Pelo papel em “The West Wing”, Silver foi indicado ao Emmy em 2002. Em 1988, o ator ganhou um prêmio Tony pelo musical “Speed the Plow” na Broadway. Ele também atuou nas séries de TV “Chicago hope” e “Law and order”. No cinema, participou do elenco de “Ali” (2001) e “O reverso da fortuna” (1990).

 

g1

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Conto de sábado: “A morte e a morte dos esquecidos pelo mundo”

Eu nasci no Níger, um dos países mais pobres da África. Tenho medo de falar meu nome e descobrir quem realmente sou, por isso omiti minha identidade até esquecê-la. Posso…