No próximo dia 08 de novembro, o filme dirigido por Pattrícia de Aquino, terá
sua exibição garantida na 3ª mostra do Sesc no município de Paraty, no Rio de
Janeiro. O filme “Rasga Mortalha” teve suas gravações realizadas na cidade de São
Domingos do Cariri no ano de 2017, e foi produzido através do projeto "Revelando os
Brasis".
A ficção conta a história de seu Arlindo (Buda Lira), homem que desconfia que
uma coruja agourenta possa ser a responsável pelas mortes dos moradores da cidade
onde vive. Para acabar de uma vez por todas com a tristeza da população local, ele
decide pôr fim ao mistério. O roteiro é baseado na lenda da “Rasga Mortalha”, ave
comum no interior do Brasil.
Com profissionais como João Carlos Beltrão (diretor de fotografia) e Buda Lira
(ator), atualmente o curta-metragem “Rasga Mortalha” vem somando mais de 12
(doze) premiações oficiais de diferentes categorias em festivais de todo o Brasil,
fazendo agora o seu circuito pelo Sesc.
Além dos filmes selecionados nos panoramas nacional e estaduais, o evento
acontece de 02 a 09 de novembro e conta com a composição de oficinas, mesas de
debate, produções premiadas e pré-estreias. Após a exibição em Paraty, o curta-
metragem de Pattrícia de Aquino também será exibido em todas as capitais do Brasil e
no Distrito federal.
A diretora Pattrícia de Aquino é graduanda em Teatro pela Universidade
Federal da Paraíba, mas já tem vasta experiência artística, atuou em mais de 10 (dez)
espetáculos e dirigiu 12 (doze) peças teatrais. Na televisão participou da minissérie
Amazônia (Rede Globo) e em produções estaduais, que consequentemente já lhe
rendeu o prêmio de melhor diretora no festival Cine Açude Grande de 2019, em
Cajazeiras- PB. Natural da cidade de São Domingos do Cariri, Pattrícia de Aquino já
está em preparação para iniciar as gravações do seu próximo filme.

PB Agora

Total
3
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Dia da Consciência Negra: os desafios no combate ao preconceito

“A luta pela liberdade não tem preço”. A frase do professor e antropólogo brasileiro-congolês, Kabengele Munanga, contribui para uma reflexão sobre o que representa a história do povo negro no…

Usina Cultural Energisa recebe inscrições para concurso de presépios

Concurso cultural faz parte da programação do “Natal na Usina” e conta com premiação em dinheiro para os seis melhores colocados Estão abertas até sábado, 23, as inscrições para o…