Conheça a ordem de apresentação das 30 canções selecionadas para as eliminatórias da edição do II Festival de Música da Paraíba no evento este ano. A definição foi feita por meio de sorteio. De acordo com a organização do festival, as eliminatórias acontecem em Alagoa Grande, no Brejo paraibano, no dia 18 de maio, e em Monteiro, no Cariri, no dia 25 do mesmo mês. Em cada etapa do evento, serão apresentadas 15 músicas.

 

Este ano o evento homenageia o centenário de nascimento do artista paraibano Jackson do Pandeiro, o “Rei do Ritmo”. A final do festival 2019 acontece em João Pessoa, no dia 31 de maio. Serão pagos R$ 20 mil em prêmios, sendo R$ 10 mil para o primeiro colocado, R$ 5 mil para o segundo, R$ 3 mil para o terceiro e R$ 2 mil para melhor intérprete.

 

A comissão organizadora do evento divulgou a lista com as 30 canções selecionadas para as eliminatórias no dia 28 de março deste ano. O festival é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Comunicação, Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e Secretaria de Estado da Comunicação (Secom).

 

Ano passado, o evento prestou homenagem a pifeira paraibana Zabé da Loca. Chico Limeira, que foi o vencedor da primeira edição do festival (1ª colocação e Melhor Intérprete) com a canção “Imprópria”, concorre novamente ao prêmio este ano.

 

Ordem de apresentação das 30 canções

Em Alagoa Grande, no dia 18 de maio

Tudo o que a estrada dá (Daniela Rezende)

Carta pra Maria (Chico Limeira)

Um ser melhor (Myra)

Brasil Colômbia (Pedro Faissal)

Meus ideais (Mebiah)

No seu lugar (Lucas Barreto e Everton Avelino)

Vou danado pra Campina (Marcos Santos)

Diagnóstico (Fabio Smith e Roberto Araujo)

História de vida 2 (PDR_Poeta do Rap)

Remendos (Ruanna)

Baile de Pandeiro (Xisto Medeiros e Acilino Madeira)

Um coco pra Jackson (Miguel Monteiro)

Tia Ciata (Nara Limeira)

14. Para além de paracetamóis (Titá Moura)

Balançando a feira (Renan Rezende)

 

Em Monteiro, dia 25 de maio

 

Terra a vista (Yanca Medeiros)

Pandeiro (Yuri Gonzaga, Zé Neto e Carlos Henrique)

Maldito (Caique Ferreira)

A vida é sonho (Jéssica Melo e Ari Rodrigues)

Varal de bem querer (Amorim)

Canto protetor (Tiago Sotero)

Meu recado (Wagner Malta)

Apnéia (Cerebraz)

Calamidade (Willames Diniz)

Florescer (Tathy Martins)

Brados do guerreiro (Poeta Alberto Batista)

O que vale? (Nelson Nunes Farias)

Descoberta (Lucas Gaião)

Nordeste Imenso (Raabe Catarine)

Clareou (Jeann Bin)

 

 

Redação com G1

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Conto de sábado: “A morte e a morte dos esquecidos pelo mundo”

Eu nasci no Níger, um dos países mais pobres da África. Tenho medo de falar meu nome e descobrir quem realmente sou, por isso omiti minha identidade até esquecê-la. Posso…