A banda Calypso é uma das atrações do bloco Galo da Madrugada que se apresenta na manhã deste sábado (20) no Recife. Na foto, a cantora Joelma animava os foliões, por volta das 9h30, ainda na conecntração do bloco.

Esta será a primeira vez que o Galo sai às ruas desde a morte de Enéas Freire, fundador do bloco. Ele será o grande homenageado do desfile que vai resgatar os antigos carnavais, segundo o cenógrafo Ari Nóbrega. Uma réplica do primeiro estandarte da agremiação, de 1978, puxa o bloco seguido de pessoas com fantasias antigas como a de palhaço, de pierrot, entre outras. Em seguida vem o carro abre-alas onde fica o galo que dá nome ao bloco.

O segundo carro traz o boneco de Enéas Freire e, o terceiro, a figura de um bonde, que também resgata os tempos antigos. Cerca de 50 componentes devem desfilar nos três carros. Para o figurinista Cid Cavalcanti, o desfile deste ano sera especial por homenagear o fundador. “Estou no galo há 16 anos e será difícil colocar o bloco na rua sem ele”, afirmou. “Mas sabemos que onde ele estiver vai nos ver com alegria”, acrescentou.

Nos trios elétricos que seguem o bloco haverá apresentação de Antonio Carlos Nóbrega, Lenine, Quinteto Violado, Nação Zumbi, Elba Ramalho, Toni Garrido, Miucha, Silvério Pessoa, Nena e Lula Queiroga, Almir Rouche, entre outros.
 

globo.com

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ex-presidente da Câmara de Mamanguape é condenado por contratar sem licitação

O ex-presidente da Câmara Municipal de Mamanguape, José Marcos Ramos Frazão, foi condenado por contratação de serviços sem a devida licitação. Conforme a sentença, oriunda da 2ª Vara da Comarca…