Por pbagora.com.br

Um pouco de inquietação. Um pouco de vontade. Um pouco de leveza. Três pedidos. Uma bola. Um sonho. Um espanto. Paisagens. ‘Um pouco disso tudo’ é o título da exposição de Daniel Vincent que fica aberta ao público na Aliança Francesa a partir desta quarta(21) até o dia 27 de agosto.

A idéia é justamente por agregar diversos tipos de trabalhos com várias técnicas. Além das ilustrações em nanquim e grafite, algumas pinturas em ecoline, outras ilustrações feitas digitalmente utilizando um tablet e alguns trabalhos de colagem digital. Mas na maioria das obras, as diversas formas de fazer convivem simultaneamente, nos brindando com uma colagem criativa e original.

A obra de Daniel Vincent é um passeio por um bosque de linhas curvas, traços miúdos e formas exuberantes. Um sinuoso percurso estético e criativo que encontra nas personagens imaginadas uma manifestação de um tempo e espaço onde sonhos se combinam com realidades. É como se os rostos nos dissessem: “sou assim, uma essência misturada às minhas próprias paisagens.” Seres que se mesclam a seus arredores e, nesse contexto, estampam nosso tempo.

Nessa floresta de desenhos, vemos o encontro da cultura pop, de fanzines, de HQ’s, do mundo digital, de filmes policiais, viagens psicodélicas, ondas sonoras e mergulhos existenciais que revelam um conjunto de grande força intuitiva. Nossos anseios, desejos, medos e vontades estão ali. Cada um de nós pode se ver nas delicadezas dos traços. Fragmentos de um discurso que se espelha no outro e, portanto, reflete o outro. Fora e dentro.

Arte na veia – Daniel Vincent desenha desde criança. Na adolescência aproximou-se do universo digital, e se interessou pela área gráfica. Fez cursos, leu livros, assistiu filmes, procurou no repertório alheio ao seu algumas referências para aprofundar seu entendimento. Entrou na Faculdade de Propaganda, pois ali poderia encontrar um pouco de tudo. Está no último ano e, em seu mergulho, fez algumas escolhas.

“Trabalhei um tempo como web designer e como diretor de arte em agência de Publicidade, mas sempre procurava tempo para projetos pessoais. Optei por trabalhar de forma freelancer, onde existe uma grande vantagem, quando te pedem um trabalho, é porque gostam do seu estilo, da sua linha e confiam no que você propõe, e são alguns desses trabalhos que estão expostos.”, diz Daniel.

Observador atento das manifestações pessoais e culturais de seu espaço exterior e um pesquisador do espaço interior, Daniel Vincent revela em sua obra um ‘Zeitgeist’ próprio. Um espírito de um tempo interno, que se revela aos poucos, em uma viagem onírica e estética.

A maioria dos desenhos são feitos em nanquim e nascem como desenho livre, sem estudo ou planejamento inicial, trazendo seres e formas que vêm à mente. Muitas vezes são digitalizados e sofrem intervenções gráficas ou manipulações, mesclando várias ferramentas.

 

SERVIÇO:

Exposição na Aliança Francesa
De 21 de julho a 27 de agosto de 2010
Título: Disso tudo um pouco
Artista: Daniel Vincent
Av. Gen. Bento Da Gama, 396
João Pessoa – PB – 58040 090
Telefax: (83) 3222 6565
www.afjoaopessoa.com.br