Por pbagora.com.br

O presidente da República, Jair Bolsonaro, declarou que governadores do Nordeste teriam se posicionado contra o aumento do piso salarial dos professores do ensino básico. Sem dar nomes, o presidente frisou que os gestores pediram veto ao aumento com o intuito de usarem o repasse do recurso do Fundeb “em outras coisas”, disse.

O anúncio do reajuste foi feito pelo presidente e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, em uma Live. O piso salarial dos professores da educação básica em início de carreira foi de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24. Um aumento de aproximadamente R$ 330.

Este reajuste já estava previsto na Lei do Piso (Lei 11.738), de 2008, que estabelece aumento anual no mês de janeiro.

– Teve gente que chegou por vias tortuosas pra mim, alguns governadores, o pessoal do Nordeste, querendo que a gente vetasse esse reajuste pra sobrar mais dinheiro para que eles investissem em outra área – declarou Bolsonaro.

Veja vídeo

Notícias relacionadas

Paraibana Gkay se muda para mansão e fará reality da própria vida nela

Em conversa com a coluna Leo Dias, a humorista Gkay revelou que está de mudança. A influenciadora saiu do apartamento, já conhecido pelos seus milhões de seguidores, para uma mansão em…

Profissionalização dá sobrevida ao mercado gastronômico na pandemia

Com foco em empreendedorismo, Instituto Gourmet auxilia profissionais do ramo No auge da pandemia de Covid-19, ainda em 2020, previsões davam conta de grandes prejuízos no setor de Gastronomia. Com…