Cenas de ciúme e discussões de relacionamento estão acontecendo com cada vez mais frequencia no cotidiano dos participantes da nona edição do Big Brother Brasil. O programa, que ainda nem completou um mês desde sua estreia, bateu o recorde de número de casais formados em tão pouco tempo. O primeiro par já estava formado antes mesmo do confinamento na casa. Newton e a cantora mineira Josiane se conheceram pela internet, em uma comunidade criada pela Globo para encontrar participantes. A continuação do romance, porém, ficou ameaçada logo no início do programa, quando Josy foi uma das selecionadas para viver na casa de vidro. Desde seu retorno, eles protagonizam um romance possessivo, cheio de crises de ciúme e conversas intermináveis. Ele diz que quer casar, ela desconversa.

A ciumeira é também o fio condutor do relacionamento entre Francine e Max. Os dois tentaram entrar num acordo para ter um caso sadio, mas não deu certo. Quando não é ele quem reclama das atitudes da moça, é Fran quem pega no pé do parceiro. A instabilidade do casal chegou a incomodar a produção do programa, que perguntou para Max se o que acontecia entre os dois era para valer ou apenas uma estratégia para conquistar o público.

Enquanto alguns passam as horas de confinamento brigando, outros escolhem apenas curtir. Esse é o caso de Emanuel e Priscila, que formam o casal “caliente” do BBB. Assim que Emanuel entrou na casa, ela fez um strip-tease para dar boas-vindas – o suficiente para que ele se esquecesse da namorada que deixou do lado de fora do reality show. O calor também é bem presente no romance entre Ralf e Milena. Ele, que já assumiu ter tido uma queda por Michelle, a primeira eliminada, não deixa de passar madrugadas acordado embaixo do edredom com Milena.

 

UOL

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Irmã Dulce será reconhecida como santa neste domingo

Neste domingo (13), às 5h da manhã em Brasília (10h em Roma), a soteropolitana Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes (1914–1992), nominada como Irmã Dulce desde 1933, torna-se a…