Por pbagora.com.br

Foi prorrogado para 30 de setembro o prazo para que estados, municípios e Distrito Federal se adequem às alíquotas de contribuição ao Regime Próprio de Previdência Social, o RPPS, previstas na Constituição Federal. A portaria do Ministério da Economia, publicada no último dia 30, prevê também prazo maior para transferências de pagamentos dos benefícios de incapacidade temporária.

Segundo a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o prazo ainda é considerado insuficiente. A entidade avalia que o ideal seria prolongar o período até março do ano que vem, para evitar conflitos com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A FNP alega, ainda, que a falta de condições organizacionais e operacionais favoráveis para as implementações previstas e as dificuldades políticas em ano eleitoral são pontos a serem considerados nesse pedido de prorrogação.

Em nota no site, a FNP afirma que “os prefeitos continuarão reivindicando um prazo mais razoável”.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Com prazo de registro de candidatura chegando ao fim, TSE aponta baixo número de candidatos

Os partidos e coligações têm até o próximo sábado (26) para realizar pedidos de registros de candidatura para concorrer aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas Eleições Municipais de…

Primavera começa nesta terça-feira, com transição entre estações seca e chuvosa

A estação mais perfumada e colorida do ano. A Primavera no Hemisfério Sul inicia nesta terça-feira (22) às 10h31 e termina no dia 21 de dezembro às 07h02. Climatologicamente, é…