A Paraíba o tempo todo  |

Pesquisa aponta que verão é a estação do ano com mais conflitos entre casais

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

São Paulo, 08 de dezembro de 2020 – O verão é o grande responsável pelos conflitos entre os casais. Foi isso o que apontou uma nova pesquisa do Gleeden, plataforma de encontros extraconjugais líder mundial feita por e para mulheres. Segundo o estudo, 75% das pessoas casadas discutem mais durante épocas de calor, número que aumentou em relação a anos anteriores devido aos meses de isolamento social.

Em casos onde o calor é excessivo para sair de casa e não há ar condicionado, a situação é ainda pior. A pesquisa, feita com mais de 7 mil usuários da plataforma, descobriu que o início dos problemas é o mau humor por conta das temperaturas elevadas, que desencadeia a pouca vontade de fazer qualquer coisa e prejudica os relacionamentos.

“Quando o calor aumenta, as emoções ficam à flor da pele, gerando irritabilidade, nervosismo, fadiga e outros sentimentos que acabam atrapalhando a rotina de atividades dos casais, diminuindo a libido e afetando a relação de forma drástica”, explica Silvia Rubies, diretora de comunicação e marketing do Gleeden na Espanha e na América Latina.

Além da falta de vontade para fazer quaisquer atividades, mais de 70% das pessoas casadas consideram que o calor extremo tem um impacto negativo em seu relacionamento e até 75% dizem que brigam mais em dias extremamente quentes. O impacto disso nas relações é considerável e afeta, também, a sexualidade das pessoas casadas. Na verdade, 60% dos entrevistados afirmam que a frequência de seus relacionamentos é drasticamente reduzida.

O que é mais preocupante é que quase metade delas afirma uma queda significativa em sua libido e menos vontade de se relacionar sexualmente com o parceiro. Isso culmina em uma taxa de 40% dos casais que decidem dormir separados quando o calor bate.

“A partir dessa pesquisa, foi possível entender que as tensões de casais são maiores durante os períodos de altas temperaturas. Picos de conexão incomuns também ocorrem durante esses períodos mais quentes, registrados durante o verão, fazendo com que as pessoas busquem por parceiros fora dos relacionamentos, para evitar períodos de longa convivência e ‘relaxar’ em relação às afetações causadas pelo calor”, acrescenta Silvia.

*Pesquisa online realizada com 4.214 homens e 2.794 mulheres usuários do Gleeden.com. 

 

Redação com Comunicação do Gleeden

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe