Rede social vai direcionar perfis para o site da OMS e apresentar seção de notícias com respaldo jornalístico e informações verdadeiras a respeito do coronavírus

As famosas “fake news” já não são novidade e potencializam a desinformação nas redes sociais em tempos de pandemia. Por esse motivo, o Facebook anunciou que vai adicionar publicações devidamente verificadas no feed de notícias de quem curtir notícias falsas.

O objetivo é tentar conter a disseminação de informações mentirosas sobre o novo coronavírus, que preocupam autoridades de todo o mundo. A pessoa que reagir ou comentar em um post com fake news receberá um box, direcionando o usuário para o site da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Outra atualização vai mostrar uma seção de notícias com respaldo jornalístico e que contenham informações verdadeiras a respeito do coronavírus. As informações são da Agência Estado.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Hidroxicloroquina começa a ser contrabandeada no Brasil

A legislação brasileira define que medicamento é todo produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico; sendo um conjunto de substâncias elaboradas…

Brasil tem 30.079 mortes provocadas pela Covid-19 e 530.733 casos confirmados da doença

O Brasil tem 30.079 mortes provocadas pela Covid-19 e 530.733 casos confirmados da doença em todo o país. O diretor de emergências da Organização Mundial de Saúde (OMS), Michael Ryan,…