Em apenas uma semana, fiscais do Ibama apreenderam 14 caminhões que transportavam madeira ilegalmente no Pará. A irregularidade mais comum verificada nas operações foi a falta de documento para o transporte do material, indicando que a madeira havia sido cortada sem licença.

As apreensões, que ocorreram entre 28 de fevereiro e 5 de março, fazem parte de um esforço do Ibama para desmontar empresas “fantasmas” que atuam no estado. Por meio delas, madeireiros conseguem documentação falsa para transportar o prodoto do desmatamento ilegal.

 

 

G1

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Sorteio da Mega-Sena pode pagar até R$ 200 milhões na quinta-feira

Acumulada há 16 sorteios seguidos, na próxima quinta-feira (27) a Mega-Sena vai dar mais uma chance para um ou mais apostadores, acertarem as seis dezenas da sorte. Sem considerar a…

Opinião: Brasil, o país do samba, rima pobre e horrores sociais

Houve um tempo que esses versos, descolados das mentes de Moraes Moreira e Pepeu Gomes nos proporcionavam alegrias. Poesia simples, frases prontas, alto astral imenso. E assim catávamos noutros carnavais:…