O empresário e ex-deputado Sérgio Augusto Naya morreu nesta sexta-feira em Ilhéus, na Bahia.

Naya ficou conhecido depois do desabamento do edifício Palace II, que provocou a morte de oito pessoas no Rio de Janeiro, em 22 de fevereiro de 1998. Sua empresa construiu o prédio e foi acusada de negligência por ter usado material barato e de baixa qualidade.

Ele ficou preso por 137 dias, em duas passagens pela prisão (1999 e 2004), mas em 2005 foi absolvido da acusação.

Uma das declarações famosas de Naya à imprensa foi quando o ex-empresário declarou que “se areia de praia desse concreto, mesmo de baixa qualidade, não haveria mais praias no Rio de Janeiro, pois não dá liga para o concreto”.

Depois do incidente com o Palace, Naya foi para os Estados Unidos, mas conseguiu ser localizado algum tempo depois em Miami.

O estado de saúde de Naya estava frágil, três AVCs e gota fizeram parte do seu histórico de saúde nos últimos anos.

As informações são da Globo News.
 

 

 

Portal Terra

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Defesa Civil confirma 14 mortes na Grande BH por causa da chuva

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais informou, neste sábado (25), que 14 pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingem o estado nos últimos dias. A informação…