Por pbagora.com.br

A organização do Concurso Miss Mato Grosso 2019 decidiu nessa sexta-feira (25) cassar o título da Miss Campo Novo do Parecis, Bruna Reis Figueiredo, depois dela postar um vídeo debochando de um ciclista de aplicativo que entregava comida em um bairro de Cuiabá. O caso gerou repercussão nas redes sociais e provocou revolta de milhares de pessoas.

Para os organizadores do, Bruna feriu os princípios que regem o concurso e a função que uma representante precisa exercer durante o período em que assumiu o compromisso de ser miss.

Segundo a nota emitida na noite de sexta-feira, Bruna Figueiredo será notificada da decisão na segunda-feira (28).

“A organização repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa. Lamentamos o ocorrido e reiteramos nosso compromisso, seriedade e respeito que o Concurso Miss Mato Grosso tem com a sociedade mato-grossense”, diz trecho da nota.

Fonte: Globo News

Notícias relacionadas

BBB21: xenofobia, difamação e intolerância religiosa são alguns dos crimes supostamente cometidos pelos brothers

O Big Brother Brasil vem dando o que falar. Nesta edição 21, alguns brothers estão sendo acusados de crimes pelas suas falas e atitudes dentro da casa e entre eles…